Ganhe dinheiro a promover os produtos Oriflame

Começar agora

Registo Grátis

Comece a usufruir dos benefícios

Como Ganhar Dinheiro Online sem Investir em Portugal

Ganhar dinheiro online sem investir: Descubra oportunidades lucrativas e estratégias para iniciar um negócio rentável sem grandes despesas.
Partilhe este artigo

Ganhar dinheiro online pode ser emocionante e eventualmente transformar a sua vida. No entanto, existem vários desafios para enfrentar pelo caminho. Um desses desafios é a questão de como ganhar dinheiro online sem investir.

Os custos iniciais são uma realidade para os empreendedores, especialmente se precisar de investir em produtos físicos, inventário, lojas, funcionários, escritórios e outros custos operacionais.

No entanto, é possível começar começar a ganhar dinheiro em Portugal, mesmo que não disponha de recursos iniciais. Vamos explorar algumas ideias.

Qual o melhor negócio para começar sem investir

Se está a questionar-se sobre como começar um negócio sem dinheiro, olhe para o que já tem: experiência, competências e conhecimento. O tempo é outro investimento que pode dedicar ao iniciar um negócio quando tem fundos limitados.

Ganhar dinheiro online pode ser o caminho mais viável. Serviços desde coaching até à escrita, podem ter custos iniciais baixos e lucros elevados. O maior investimento é o seu tempo e expertise.

No entanto, nem todos os negócios online são iguais, e dependendo dos seus objetivos, o que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra.

Vamos destacar algumas ideias de negócios online que pode começar sem ter que investir muito dinheiro.

Ganhe dinheiro extra

Aumente os seus rendimentos a promover os produtos Oriflame

Começar agora

1. Mentorias e coach online

O coaching online é ótimo para pessoas que querem trabalhar diretamente com os seus clientes. Os coaches ajudam as pessoas a resolver problemas ou a melhorar áreas específicas das suas vidas.

Como coach, o maior investimento que faz é o seu tempo. Se realizar sessões individuais de mentoria, estará limitado ao número de clientes que pode aceitar, mas pode cobrar preços premium.

Como começar:

  • Crie um site ou uma landing page para os clientes aprenderem e reservarem os seus serviços de mentoria.
  • Faça a promoção dos seus serviços através das redes sociais (Instagram, TikTok, etc.).
  • Obtenha clientes através de referências e outras estratégias.
  • Recolha feedback para melhorar os seus serviços e obter testemunhos.

Iniciar o coaching pode ser desafiador porque precisa de se estabelecer como uma autoridade na sua área. À medida que constrói a sua reputação, ganhará mais visibilidade e poderá cobrar preços mais altos pelo seu tempo.

2. Vender cursos

Idealmente, o melhor negócio para começar com pouco dinheiro exigirá menos do seu tempo. Os cursos online são uma excelente forma de ganhar dinheiro online sem investir e sem ter que trabalhar ativamente o tempo todo.

Vender cursos

Como começar:

  • Decida a ideia do seu curso. Deve ser um tópico em que seja especialista.
  • Desenvolva um currículo para o seu curso (uma descrição de tudo o que irá ensinar).
  • Crie conteúdo para ajudar a ensinar o seu curso e grave vídeos se os estiver a utilizar.
  • Lance a página de vendas do seu curso.

Tudo o que precisa é de conhecimento na área do seu curso, uma página de vendas e criar o material do curso.

3. Lançar produtos digitais

Existem muitos tipos de produtos digitais para vender online. Pode até considerar os cursos online como um produto digital, uma vez que é algo que vende online. Não é um bem físico como uma t-shirt ou uma caneca.

Lançar produtos digitais

Muitos criadores vendem produtos digitais como downloads – conteúdo e ficheiros que alguém descarrega online.

Alguns exemplos de downloads digitais que pode vender:

  • Ebooks
  • Modelos (redes sociais, websites, etc.)
  • Música e áudio
  • Newsletters
  • Podcasts
  • Relatórios e guias
  • Jornais
  • Folhas de trabalho
  • Folhas de cálculo

Como começar:

  • Para lançar produtos digitais, precisará de passar tempo a criar o conteúdo. Para alguns produtos como ebooks e jornais, poderá também precisar de desenhar capas e outras páginas.
  • Configure um site e páginas de destino para vender os seus produtos.

Algo a ter em mente com estas primeiras três ideias de negócios é que não precisa de escolher apenas uma. Por exemplo, um criador pode oferecer serviços de mentoria, ao mesmo tempo que vende cursos e disponibiliza produtos digitais para descarregar.

Pode facilmente transferir o conhecimento de um curso para coaching ou para um produto digital e vice-versa.

4. Tornar-se um escritor freelancer

Se tem habilidade para as palavras e a sua carteira clama por algum dinheiro extra, pode considerar tornar-se um escritor freelancer. Escrever como freelancer significa que escreve para várias marcas sem estar vinculado a nenhuma delas.

Como começar:

  • Pode contactar diretamente publicações ou criar um portefólio e esperar que os clientes venham até si.
  • Também pode inscrever-se em websites como o UpWork e Fiverr. No entanto, tenha em mente que existe muita concorrência e as taxas podem ser baixas. Ainda assim, é uma ótima fonte para encontrar clientes quando está a começar.

5. Criar conteúdo gerado pelo utilizador (UGC)

O conteúdo gerado pelo utilizador (UGC) inclui vídeos, imagens ou qualquer conteúdo criado por uma pessoa em vez de uma marca.

Geralmente, acontece naturalmente. Por exemplo, se comprar uma mala nova e gostar tanto dela que partilha vídeos de embalagem e viagens nas redes sociais. Isso é um exemplo de UGC.

O UGC tem sido incrivelmente valioso para as marcas porque as pessoas tendem a confiar mais no conteúdo de outra pessoa do que numa empresa.

As pessoas tendem a ser mais influenciadas por este tipo de conteúdo, mais autêntico e envolvente. As marcas também querem UGC porque ajuda a complementar a sua criação interna de conteúdo e pode aumentar as conversões.

A melhor parte sobre ser um UGC Creator é que não precisa de ter um grande número de seguidores ou ser um influenciador para começar.

Como começar:

  • Identifique marcas que usa e gostaria de rever para UGC e contacte diretamente mostrando exemplos dos seus conteúdos.
  • Registe-se em plataformas de marketing de UGC e criadores ou promova-se nas redes sociais.

Tudo o que precisa para começar é do seu telemóvel para gravar vídeos e algumas ferramentas de edição.

6. Iniciar um canal no YouTube

O YouTube não é para todos, mas se estiver interessado em estar à frente da câmara, pode transformá-lo numa valiosa fonte de receita.

Para ganhar dinheiro no YouTube, precisará de construir a sua audiência e inscreva-se no Programa de Parceria do YouTube (YPP).

A chave para ter sucesso no YouTube é ser consistente e criar conteúdo de alta qualidade. Mesmo as pessoas que parecem ter tido sucesso da noite para o dia geralmente trabalharam nisso durante meses e finalmente tiveram um vídeo viral.

UGC Creator

Ao contrário dos cursos online, provavelmente não bastará filmar com a sua webcam. No entanto, uma câmara de telemóvel de alta qualidade pode ser suficiente.

Como começar:

  • Primeiro, precisa de criar um canal no YouTube. Obviamente, terá de se inscrever numa conta gratuita no YouTube se ainda não o fez.
  • Planeie um calendário de conteúdo e grave pelo menos cinco vídeos para começar. Deve publicar consistentemente pelo menos uma vez por semana, se não diariamente.
  • Analise o seu conteúdo em vídeo para entender quais os formatos e tópicos que a sua audiência mais aprecia. Em seguida, utilize esses conhecimentos para planear conteúdo futuro.
  • Inscreva-se no YPP assim que cumprir os requisitos de elegibilidade para obter dinheiro com a receita de anúncios.
  • Suplemente a receita de anúncios obtendo patrocínios de marcas para o seu canal no YouTube ou fazendo marketing de afiliados.

7. Fazer marketing de afiliados

Com o marketing de afiliados, recomenda produtos e serviços à sua audiência e recebe uma percentagem de cada venda feita através dos seus links de afiliado.

O potencial de ganhos varia dependendo da marca com a qual está a trabalhar e do tamanho da sua audiência.

Para a maioria dos criadores, o marketing de afiliados é um trabalho secundário. No entanto, pode ganhar um rendimento a tempo inteiro com ele se tiver uma audiência grande o suficiente e envolvida.

Pode ser uma boa opção para aqueles que já têm mais de 10,000 subscritores no YouTube ou outras redes sociais, ou bloggers que têm cerca de 10,000 visualizações de página mensais.

Claro, pode começar com o marketing de afiliados antes de atingir esses marcos. Mas, provavelmente, ganhará mais dinheiro quando tiver um público maior.

Como começar:

  • Construa uma audiência ativa no seu blog ou redes sociais.
  • Inscreva-se em programas de marketing de afiliados como o Amazon Associates, ShareASale, PartnerStack e outros.
  • Pesquise diretamente as marcas para saber se têm um programa de afiliados e qual é a comissão para os afiliados.
  • Crie conteúdo e inclua links de afiliados quando fizer sentido.

Tudo o que precisa é de uma audiência envolvida, um blog ou presença nas redes sociais e links de referência de afiliados.

Nem sempre é fácil encontrar marcas que pagam comissões elevadas neste tipo de programas. Procure alternativas em marcas como a Oriflame, que lhe permite receber até 25% de comissão.

8. Vender produtos artesanais e reciclados

Outra opção para vender produtos físicos a baixo custo é focar em produtos artesanais ou reciclados. Por exemplo, se souber crochet ou costurar, pode criar itens sem precisar de investir dinheiro num fornecedor.

Embora leve algum tempo a criar os itens e precise de materiais e equipamentos para começar.

Como começar:

  • Crie um site ou uma loja Etsy para vender os seus produtos feitos à mão.
  • Encontre itens em segunda mão para reciclar ou identifique e crie itens feitos à mão que estejam alinhados com o seu nicho.
  • Promova os seus produtos online ou vá para mercados locais.

Ao contrário dos outros negócios desta lista, terá algum inventário. Embora seja menos do que teria se estivesse a fabricar itens em massa, ainda precisa de armazenar, embalar e enviar os seus produtos.

Dicas para começar a ganhar dinheiro online sem investir

Não precisa de muito dinheiro para começar um negócio, embora possa ajudar.

Quando tem poucos fundos iniciais, existem outros investimentos que pode fazer para colocar o seu negócio em movimento.

Dicas para começar a ganhar dinheiro online sem investir
  1. Aprender novas competências: Se não tiver experiência na área que deseja entrar, invista algum tempo a aprender. Pode encontrar cursos online gratuitos ou a baixo custo em plataformas como Udemy, Coursera ou Skillshare.
  2. Construir uma presença online: Ter uma presença online é essencial para qualquer negócio nos dias de hoje. Crie um site ou uma loja online e utilize as redes sociais para promover os seus produtos ou serviços.
  3. Colaborar com outros empreendedores: A colaboração pode ser uma forma eficaz de aumentar a visibilidade do seu negócio sem gastar muito dinheiro. Considere parcerias com outros empreendedores ou influenciadores para expandir a sua audiência.
  4. Usar o marketing de conteúdo: O marketing de conteúdo é uma estratégia eficaz para atrair clientes sem gastar muito dinheiro. Crie um blog com conteúdo relevante e valioso que resolva os problemas dos seus potenciais clientes e ajude a construir a sua autoridade no setor.
  5. Iniciar pequeno e reinvestir os lucros: Comece com uma margem mais pequena e à medida que o seu negócio cresce, reinvesta os lucros para expandir. Isso ajudará a reduzir o risco financeiro inicial.
  6. Aproveitar ferramentas gratuitas ou de baixo custo: Existem muitas ferramentas gratuitas ou de baixo custo disponíveis para ajudar a gerir e promover o seu negócio. Desde plataformas de criação de sites até ferramentas de marketing nas redes sociais, explore opções acessíveis.

Lembre-se, o sucesso de um negócio não está apenas relacionado com o dinheiro que investe, mas também com o tempo, esforço e dedicação que coloca.

Seja criativo, esteja disposto a aprender e adapte-se às mudanças no mercado para construir um negócio bem-sucedido com pouco dinheiro.

Seja uma Revendedora Oriflame

Registe-se agora
Partilhe este artigo
Lúcia Carvalho
Lúcia Carvalho

Consultora independente da marca Oriflame desde 2008. Apaixonada pelo mundo da beleza e do empreendedorismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Transforme a sua paixão pela beleza num negócio