Como Criar um Blog de Beleza

Está a pensar criar um blog de beleza mas não sabe bem por onde começar? Neste artigo pretendo mostrar-lhe como fazer passo a passo.

Está a pensar criar um blog de beleza? Ou é algo que já tem em mente há algum tempo mas não sabe bem por onde começar?

Neste artigo pretendo mostrar-lhe passo a passo como fazer para criar um blog de beleza, que poderá transformar-se numa importante fonte de rendimento.

O blog Oribeleza sempre foi uma das ferramentas mais eficazes para construir o meu negócio na Oriflame. Se tem um negócio (online ou offline) ou está a pensar iniciar um em breve, sugiro que considere a criação de um blog para apoiar a sua aventura no mundo do empreendedorismo.

Um blog, por si só, pode transformar-se num negócio a tempo inteiro!

São cada vez mais as pessoas que ambicionam ter um blog de sucesso, que lhes permita ganhar dinheiro e ter um estilo de vida mais flexível.

Você também pode conseguir!

Ter um blog de sucesso é uma combinação de encontrar o tema ideal para si e estruturar toda a parte técnica e editorial no sentido de atingir os seus objetivos. Tudo deve ser feito com um objetivo bem definido.

Como Criar um Blog - Guia Passo a Passo - Pinterest

Porquê criar um blog de beleza?

Existem muitas razões para considerar começar um blog. Especialmente quando falamos de um blog de beleza.

Os blogs de beleza são muito populares e muito procurados. Da mesma forma, existe também uma grande concorrência, pelo que terá multiplicar esforços para entregar mais e melhor conteúdo.

O público-alvo são os amantes da beleza. Se chegou até este blog, provavelmente pertence a este grupo de pessoas, apaixonadas pelo mundo da beleza. É um mundo entusiasmante e poder ganhar dinheiro nesta área, é algo verdadeiramente aliciante.

Os blogs por vezes nascem do desejo de partilha de experiências pessoais. Um pouco como um diário público e que, não raras vezes, acaba por evoluir para algo mais e até trazer algum retorno financeiro.

Eu comecei o Oribeleza em 2009 com o objetivo de apoiar o meu negócio na Oriflame e desde então adquiri alguma experiência a nível técnico e de conteúdos. Inevitavelmente, cometi alguns erros e neste artigo procurarei partilhar a minha experiência para que não tenha que os cometer também.

Um blog não é só para as pessoas que tem um negócio. É válido para qualquer pessoa que tenha algo a dizer ou a mostrar ao mundo. É ideal para partilhar a sua paixão e os seus interesses. Uma boa parte dos blogs de sucesso começaram apenas com o desejo dos seus autores de partilharem as suas experiências por um determinado tema.

Ter um blog tem sido uma grande experiência para mim. Já aqui falei sobre as vantagens de começar um blog, mas é sempre bom lembrar os benefícios que um blog que podem trazer.

Pode ganhar dinheiro a partir de qualquer lugar

Uma das melhores coisas de ter um blog é que pode ganhar dinheiro a partir de qualquer lugar e quando quiser.

Pode ganhar dinheiro a partir de qualquer lugar

Quem tem negócios, sabe o quão difícil é por vezes conjugar todas as tarefas e responsabilidades. Por um lado são as tarefas inerentes às vendas e de suporte, mas ao mesmo tempo não pode menosprezar a parte do marketing pois é através dele que surgem as vendas.

O trabalho de criar conteúdo e manter um blog pode ser feito em qualquer lugar, desde que tenha acesso a um computador e a uma ligação à internet. Por outro lado, pode agendar conteúdos para assim poder lidar melhor com os períodos mais preenchidos do seu negócio.

Maior retorno

Ao contrário do que acontece nas redes sociais, os conteúdos publicados num blog, podem trazer-lhe retorno durante meses ou até anos.

Sabemos que uma publicação no Facebook ou no Instagram tem um tempo de vida muito reduzido. A não ser que invista em publicações patrocinadas, no máximo conseguirá que estas se mantenham visíveis para a sua audiência por apenas alguns dias.

Por outro lado, um artigo num blog, desde que bem escrito, estruturado e com conteúdo relevante, pode destacar-se nos motores de busca como o Google. Isso significa pessoas a verem os seus conteúdos diariamente e por muito tempo.

Para além disso, a audiência proveniente dos motores de busca tem mais tendência para comprar, registar-se ou subscrever a sua newsletter por exemplo.

Isto acontece porque estas pessoas estão ativamente à procura de algo. Se chegam até ao seu blog e lá encontram conteúdo de valor, existe uma grande probabilidade de lhe poderem trazer retorno de alguma forma.

Fonte adicional de rendimento

À medida que o seu blog vai crescendo e tem cada vez mais pessoas a visitá-lo diariamente, pode implementar novas formas de o rentabilizar.

Mesmo que inicialmente tenha criado o seu blog de beleza sem o objetivo de ganhar dinheiro com ele, faz todo o sentido que comece a pensar nisso, a partir do momento em que o tráfego começa a ser significativo.

Existem diversas formas de ganhar dinheiro com um blog.

  • Numa fase inicial, enquanto não tem muito tráfego, pode trabalhar com programas de afiliados, que lhe permitem ganhar uma comissão por cada venda originada a partir de uma recomendação sua. Esta é uma das melhores formas de ganhar dinheiro com um blog de beleza.
  • Quando começa a ter mais audiência, pode experimentar colocar anúncios no seu blog, que lhe permitirão ganhar dinheiro de uma forma passiva.
  • À medida que blog vai crescendo e a sua “autoridade” também, poderá criar produtos para venda e até cursos que as pessoas podem comprar online.

Já se está a imaginar a criar um blog de beleza de sucesso? Siga os próximos passos e dentro de alguns minutos poderá ter o seu pronto a ser mostrado ao mundo!

Qual o tema do blog?

Antes de criar o seu blog, deverá pelo menos ter uma ideia do tema ou temas que vai abordar. E é aqui que muitas vezes começam as indecisões, que por sua vez originam bloqueios.

Não precisa de ter tudo delineado já nesta fase. É bom ter uma estratégia mas isso é algo que também vai aperfeiçoando e definindo à medida que vai fazendo.

O tema ou nicho do seu blog deverá ser sobre algo que realmente gosta. Se assim não for, vai ser muito difícil manter a motivação para continuar e não conseguirá ser consistente – algo que é fundamental para um blogger.

Estamos a falar de criar um blog de beleza, mas dentro deste nicho existem vários sub-nichos e vários ângulos que pode abordar. Produtos de beleza não testados em animais, beleza e negócios, maquilhagem, cuidados do rosto… poderá começar por apenas um tema e depois ir alargando, mediante a resposta que vai tendo dos leitores.

Como Criar um Blog - Planeamento

Que sites e blogs costuma ler? Que temas está sempre a pesquisar online e a falar com outras pessoas quando tem possibilidade? Muito provavelmente, isso será o tema que deverá começar por abordar no seu blog.

À medida que a sua audiência vai crescendo, vai se apercebendo quais os tópicos que resultam melhor e poderá então estreitar um pouco mais e ser ainda mais específico. Isto vai ajudar a destacar-se da concorrência.

Pense num nome para o domínio

Se já tem uma ideia do tipo de conteúdos que pretende publicar no blog e daquele que provavelmente será o seu público, é hora de começar a pensar num nome para o domínio do blog.

O domínio (ou URL) é o nome do seu blog. O endereço que vai colocar na barra de endereços do browser e que vai partilhar com todos.

Aspetos a ter em consideração na escolha de um domínio:

  • nome fácil de ler e lembrar
  • curto
  • de preferência com as extensões .com ou .pt
  • que esteja livre nas principais redes sociais

Dependendo do tipo de blog que vai criar, pode também considerar usar o seu nome como domínio.

Um domínio representa um investimento anual de aproximadamente €10 a €15. No entanto, se escolher a Bluehost como sua opção de alojamento, o seu domínio será gratuito no primeiro ano.

Escolher a plataforma de alojamento

Se for como eu, provavelmente já anda há imenso tempo a pesquisar online tudo o que tem a ver com criação de blogs e os “segredos” para ter sucesso.

Certamente já notou ou rapidamente notará que os bloggers mais destacados desaconselham o uso de plataformas gratuitas para alojar um blog, principalmente quando o objetivo é ganhar dinheiro ou obter alguma vantagem profissional com ele.

Este ponto é fundamental no diz que respeito ao sucesso que terá com o seu blog.

Eu própria durante algum tempo usei plataformas gratuitas como o Blogger/Blogspot, mas rapidamente cheguei à conclusão que estas plataformas apresentam muitas limitações a partir de um certo ponto.

Recomendo que opte por um alojamento próprio com WordPress.org

Ferramentas gratuitas como Blogger, Sapo, Wix ou WordPress.com podem ser interessantes para quem pretende o que o seu blog seja apenas um passatempo.

Mas se o seu objetivo é criar um blog de beleza que lhe permita ganhar dinheiro de uma forma sólida e estável, recomendo que opte por um alojamento próprio com WordPress.org.

Sabia que sites como USA Today, Fortune, TechCrunch e TED usam WordPress? Na verdade, mais de 35% dos sites existentes são feitos em WordPress.

Trata-se de um investimento de aproximadamente €3 a €6 por mês que pode fazer toda a diferença entre ter um blog de sucesso ou não.

Razões para evitar alojamento gratuito

Como não quero que se arrependa mais tarde, deixo aqui mais alguns motivos porque deve optar um alojamento próprio em detrimento das opções gratuitas, logo desde o início.

Apenas terá acesso a funcionalidades básicas

Com um blog gratuito, geralmente tem à sua disposição as funcionalidades mais básicas. Rapidamente chegará a uma altura em que vai precisar de mais funcionalidades, mas apenas estarão disponíveis se pagar para fazer o “upgrade”.

Por exemplo, ao criar um blog de beleza gratuito em WordPress.com e, a partir de uma certa altura desejar ter um domínio personalizado, terá que passar para uma conta premium com preços mensais equivalentes à compra de um alojamento próprio.

Quando decidir migrar pode perder parte do seu trabalho

Evite este erro que é muito frequente. Começa com uma plataforma gratuita porque pensa que será o suficiente. Mais tarde ou mais cedo, vai querer migrar para uma plataforma profissional e é quando começam os problemas.

Migrar de uma plataforma gratuita para WordPress.org pode trazer-lhe muitas dores de cabeça. Problemas com formatação dos textos, imagens que se perdem e pior ainda, links que deixam de funcionar.

Existe o risco sério de perder horas de trabalho e provavelmente terá necessidade de contratar alguém para ajudar, o que lhe irá trazer mais custos.

A melhor coisa a fazer é optar por alojamento próprio, desde o início!

Quando paga por algo o compromisso é maior

Normalmente vejo uma enorme diferença entre pessoas que pagam por um produto ou serviço e as que os recebem gratuitamente. Aqueles que pagam tem tendência para levar mais a sério e são também aqueles que tiram o melhor proveito.

Quando obtemos algo de forma gratuita, normalmente temos uma postura de dar menos importância, visto que não acarretou qualquer custo. O resultado é desistir-mos com muito maior facilidade.

Criar um blog de sucesso

O blog não será totalmente seu

Quando tem o seu blog alojado em plataformas como WordPress.com, Blogger ou outras, está sujeito às regras e políticas das entidades que gerem essas plataformas. Por vezes acontecem situações extremamente desagradáveis com contas a serem eliminadas ou bloqueadas, sem razão aparente e sem grande apoio por parte da própria plataforma.

Creio que este ponto, por si só, já é motivo suficiente para optar por uma solução de alojamento próprio.

Escolha o seu serviço de alojamento

Referi acima que recomendo a utilização da plataforma WordPress.org, com alojamento próprio. Para isso terá que comprar o serviço de alojamento.

Basicamente, este serviço é como alugar espaço num servidor onde ficará alojado o seu blog e disponível para ser acedido em qualquer parte do mundo.

Existem muitos fornecedores de alojamento, pelo que escolher o indicado para si pode não ser assim tão fácil.

O serviço de alojamento que recomendo é o da Bluehost.

Porque deve escolher a Bluehost?

É ideal para quem está a começar e procura uma solução fiável, acessível e fácil de usar.

  • Excelente relação preço/qualidade com preços a partir de €3,55 por mês.
  • Apoio ao cliente rápido e eficaz.
  • Serviço de alojamento recomendado pela própria WordPress.
  • Oferta do domínio no primeiro ano na compra de um plano de alojamento.
  • E-mail gratuito.
  • Certificado SSL grátis (para maior segurança no seu blog).
  • Instalação automática do WordPress – muito útil para quem está a começar!

Como criar a sua conta Bluehost?

Criar a sua conta na Bluehost é muito simples e demora apenas alguns minutos.

Para ter acesso a um preço especial e oferta do domínio no primeiro ano, clique aqui para iniciar a compra do seu alojamento ou no botão abaixo.

No ecrã inicial clique no botão verde “Get Started” para dar início à compra do alojamento.

Como Criar um Blog - Alojamento Bluehost

Escolher plano de alojamento

Será encaminhado para a página onde vai selecionar o plano de alojamento que deseja para o seu blog.

O primeiro plano “Basic” será o suficiente para criar o seu blog e é tudo o que precisa para começar. Mais tarde poderá alterar para outro plano se assim desejar.

Bluehost Planos

Escolher o domínio

No passo seguinte vai escolher um domínio para associar ao seu alojamento.

Já falei acima sobre a escolha do domínio ideal para o seu blog. Sempre que possível, ao criar um novo domínio, recomendo que opte pela extensão .com.

O domínio é geralmente pago à parte do alojamento, mas ao optar pelo alojamento na Bluehost, tem a oferta do domínio no primeiro ano!

Neste passo, tem três opções:

  • Regista um novo domínio para o seu blog (Create a new domain).
  • Indica um domínio que já possui e que pretende usar no seu blog (Use a domain you own).
  • Avança para o passo seguinte sem indicar para já um domínio (I’ll create my domain later).

Partindo do princípio que vai querer aproveitar a oferta de um ano de domínio grátis, ao clicar no botão azul “Next”, o sistema vai verificar se o domínio que pretende está livre para ser registado.

Se já estiver registado, vão aparecer algumas sugestões, com variações no próprio nome do domínio e na extensão. Poderá experimentar outros nomes esta fase até encontrar o ideal.

Pagar alojamento

Se o domínio que escolheu estiver livre, será encaminhado para o último passo da compra do seu alojamento.

Aqui deverá preencher o formulário com os seus dados (nome, morada, telefone e email), bem como selecionar a forma de pagamento do seu plano de alojamento.

De forma a poder usufruir do domínio grátis por um ano (o que significa uma poupança de €12 – €15) e de um desconto significativo no valor mensal, terá que pagar pelo menos um ano de alojamento.

Se desejar, pode também pagar já dois ou três anos e assim beneficiar de um preço mensal ainda mais reduzido!

Ao pagar logo um ano (ou mais) tem a vantagem de não ter que pensar mais no assunto e concentrar-se em desenvolver o seu blog.

Por fim, tem a opção de adicionar extras ao seu plano (com um custo extra). O único que poderá ser relevante é o primeiro (Domain Privacy + Protection), que por um pequeno valor, assegura que o seu e-mail e nº de telemóvel mantêm-se privados. No entanto, estes extras são totalmente opcionais.

Uma vez preenchido o formulário, basta agora indicar os dados de pagamento.

Está disponível a opção de pagamento com cartão de crédito.

Se não tem um cartão de crédito, poderá usar a aplicação MBWay que lhe permite criar cartões de crédito de forma rápida e totalmente segura.

Finalizando este passo, já terá a sua conta de alojamento e o seu domínio personalizado!

Se completou os passos acima até aqui e precisa de ajuda para instalar e configurar o WordPress, poderei ajudá-lo gratuitamente. Envie um email para info@oribeleza.com solicitando o serviço de configuração gratuita do blog.

Instalar o WordPress

Instalar manualmente o WordPress no alojamento pode não ser assim tão simples para quem está a começar.

No entanto, se comprou um plano de alojamento na Bluehost, como sugerido acima, esta parte é muito simples e praticamente automática!

Uma vez criada a sua conta, terá que escolher uma password para aceder à sua conta Bluehost.

Após entrar na sua conta, o WordPress já está instalado!

Vai aparecer a opção de escolher um tema gratuito para o seu blog. Poderá selecionar agora um ou simplesmente passar à frente e escolher um tema mais tarde. De seguida clique no botão azul “Start Building” e será encaminhado para o painel de controlo do seu blog.

Parabéns! Acaba de criar o seu blog com alojamento próprio e com WordPress instalado.

Após concluir este processo vai receber um email com informação detalhada para entrar na sua conta Bluehost e no painel de controlo do seu blog WordPress – username e password.

Pode aceder ao painel de controlo do seu blog através da sua conta Bluehost ou diretamente através deste link:

oseudominio.com/wp-admin

(onde “oseudominio.com” é o domínio que escolheu para o seu blog)

Primeiros passos com o WordPress

A primeira coisa a fazer antes de começar a preparar artigos no seu blog, é torná-lo mais amigo dos motores de busca (SEO).

Para isso terá configurar devidamente as “Ligações Permanentes“, dentro do menu “Opções”. Aqui deverá selecionar a opção “Nome do artigo“.

Este passo é fundamental antes de começar a escrever artigos, pois caso deseje alterar mais tarde, poderá prejudicar o posicionamento do seu blog nos motores de busca.

A partir daqui sugiro que explore um pouco o painel de controlo do WordPress e vá configurando as diversas opções. Com o tempo vai aprofundando o conhecimento sobre cada funcionalidade.

Desenvolver o blog

Não se preocupe em demasia com aspectos técnicos numa primeira fase. Comece a delinear uma estratégia de conteúdos a publicar.

Sugiro que já tenha preparado pelo menos 5 artigos, para que quem chega até ao seu blog, tenha algo para ler e apreciar.

Nesta fase, o fundamental é criar uma consistência de publicações. Eu diria que deve publicar um novo artigo, pelo menos uma vez por semana. Se conseguir mais ótimo, mas o mais importante é manter um ritmo consistente, sem perder qualidade.

Já que falamos de qualidade, lembre-se que existem imensos blogs e muitos outros a surgirem diariamente. Para se destacar sobre os demais, terá que apostar em conteúdos realmente relevantes para aquele que pretende que seja o seu público-alvo. É isso que vai fazer com que os leitores voltem para ler os seus artigos.

De qualquer forma, o mais importante é começar, mesmo que não esteja ainda tudo perfeito. Seja perseverante e nunca desista!

Começar um blog

Perguntas Frequentes

Devo criar um blog de beleza?

Se deseja ter um negócio online, começar um blog é uma das formas mais fáceis e acessíveis de se destacar. Não precisa de ser um escritor profissional ou programador, nem de formação superior ou anos de experiência. Pode criar um blog de beleza independentemente da sua idade, localização e nível de experiência e ainda assim construir um negócio de sucesso.

Quanto tempo demora a criar um blog?

Neste artigo explico como pode criar o seu blog em menos de 15 minutos.

Qual a melhor plataforma para criar um blog de beleza?

A plataforma que recomendo é WordPress.org com alojamento próprio.

Ainda vale a pena ter um blog atualmente?

Sem dúvida que sim! O blog é o centro de toda a sua presença online. Mesmo que seja ativo nas redes sociais, é no blog que vai demonstrar as suas capacidades e converter seguidores em clientes.

Default image
Lúcia Carvalho
Consultora independente da marca Oriflame desde 2008. Apaixonada pelo mundo da beleza e do empreendedorismo.

Gostou deste artigo? Subscreva a Newsletter!

Indique o seu primeiro nome e email abaixo e seja o primeiro a receber as novidades.

Um comentário

  1. Tenho um blog maquilhagem e sem dúvida que estas dicas são excelentes para quem está a começar. Parabéns!

Deixe uma Resposta