Registe-se na Oriflame

Subscreva a Newsletter

Seja o primeiro a receber as novidades!

Como ser Criador de Conteúdo Digital em Portugal

Vivemos tempos em que ser Influencer em Portugal ou um Criador de Conteúdos pode ser extremamente recompensador.

Gostaria de ganhar dinheiro como criador de conteúdos digitais? Vivemos tempos em que ser Criador de Conteúdo ou Influencer em Portugal pode ser extremamente recompensador, seja financeiramente ou pelo estilo de vida que lhe pode proporcionar.

A tempo inteiro ou como plano B, esta é uma solução cada vez mais procurada por jovens e não só, para ganhar dinheiro online.

Viver a vida à sua maneira, partilhar a sua paixão com todos, ter uma audiência que o segue e vibra com aquilo que tem para dizer é algo fascinante e verdadeiramente aliciante.

Não admira que sejam cada vez mais as pessoas que procuram um side hustle online como Influenciador.

Podemos também chamar de Criador de Conteúdo, pois na verdade é isso que um Influencer faz diariamente – criar conteúdos digitais de forma a cativar e envolver uma determinada faixa de pessoas.

Veja como pode ser Criador de Conteúdo em Portugal e ganhar dinheiro enquanto faz aquilo que mais gosta.

O que é um Criador de Conteúdo

Como referi logo na introdução, um influencidaor é alguém que cria conteúdos, sejam eles educacionais, informativos ou mesmo apenas como entretenimento.

Este conteúdo é partilhado através de diferentes canais, dependendo da sua audiência e dos seus objetivos como influenciador.

Quando falo sobre criação de conteúdo, refiro-me normalmente aos conteúdos digitais, como vídeos, podcasts, cursos, artigos em blogs e claro, as publicações nas redes sociais que faz diariamente.

Ganhe dinheiro a promover Oriflame

Rentabilize a sua presença online e ganhe até 30% de comissão

Saiba mais

A economia dos criadores de conteúdo (creators economy) cresceu imensamente nestes últimos anos. São cada vez mais criadores que conduzem os seus negócios online, com a criação de conteúdo como motor de crescimento.

A boa notícia é que qualquer pessoa pode ser um Influencer. Não é algo reservado à celebridades.

No entanto, como qualquer habilidade, é necessário dedicação e preparação. O mesmo se aplica na criação de conteúdos originais e interessantes – e conteúdo único de forma consistente.

Vejamos mais em detalhe o que deve ter em conta para ser um Influencer em Portugal e os potenciais desafios que podem surgir.

As vantagens e desvantagens

Saber como criar e rentabilizar conteúdo é uma capacidade valiosa hoje em dia. Mas não existe um botão fácil para carregar e fazer as coisas acontecerem.

As vantagens

Ser influencer vem com um número de benefícios:

  • Pode trabalhar remotamente e criar conteúdo em qualquer parte do mundo.
  • Define as suas horas e quando quer trabalhar.
  • É fácil começar.
  • Não exige um conjunto muito complexo de habilidades específicas para começar.
  • Não importa a sua idade nem a sua origem.
  • Conteúdos digitais são fáceis de criar e publicar. Então, qualquer pessoa pode alavancar o seu conhecimento e experiência para construir uma audiência e uma fonte de rendimento.

As desvantagens

  • Leva tempo para desenvolver uma audiência para o seu conteúdo.
  • Falhar faz parte do processo.
  • Não existe essa coisa do sucesso rápido.

Os desafios

Tenha em mente que os influencers que segue online, passaram anos a aprimorar os seus conteúdos.

Muito provavelmente tiveram muitos sucessos e fracassos enquanto experimentaram diferentes tipos de conteúdo, formatos, mensagens e estilo.

Esteja preparado para passar pela mesma curva de apredizagem.

Creators Economy

Alguns dos influencers de maior sucesso perseguiram múltiplas ideias de negócio que falharam antes de chegarem à sua situação atual. Muito provavelmente continuarão a falhar.

O mundo digital muda a uma velocidade incrível. O que era certo há um par de anos atrás pode já não ser atualmente. O importante é manter uma cultura de enfrentar os riscos e não ter medo de falhar.

Esteja sempre preparado para testar diferentes ideias e use o fracasso como uma oportunidade para aprender e repetir.

Pode levar tempo para começar a gerar retorno financeiro. Portanto, é uma boa ideia ter uma fonte de rendimento estável enquanto passa por este processo de criar conteúdo e criar uma audiência.

Que tipos de conteúdos pode criar

Conteúdoos digitais não são apenas palavras escritas num ecrã como este artigo que está agora a ler. Pode ser qualquer tipo de conteúdo, incluindo:

  • A informação em si.
  • O canal pelo qual deseja transmitir a sua mensagem.
  • As características do canal que acrescentam à experiência quando os seus seguidores consomem os conteúdos.

Como criador de conteúdo, pode produzir conteúdos grátis, como podcasts, artigos para blog (no seu ou em outros blogs – guest posts), publicações nas redes sociais e vídeos.

Simultaneamente, também pode criar produtos digitais para vender online, como por exemplo:

  • Newsletteres pagas.
  • Fóruns online ou comunidades.
  • Memberships ou podcasts pagos.
  • Cursos online.
  • Produtos digitais para descarregar (PDFs, gráticos, planners, guias, ebooks, etc.).

Procure a melhor forma de criar o seu império de criação de conteúdo.

Com o tempo vai descobrir o tipo de conteúdos e as formas de rentabilizar que melhor se adaptam a si e à sua audiência. Depois é só criar mais desse conteúdo de forma sistemática!

Como ser um Criador de Conteúdo de sucesso

Para além de algumas capacidades técnicas para lidar com as plataformas onde distribui os conteúdos, existem outras capacidades que o influencer deve ter. Vejamos algumas com mais detalhe.

Manter-se atualizado

Os criadores de conteúdo devem estar ao corrente da atualidade do nicho onde estão inseridos e das principais preocupações da sua audiência nesta área.

Os influencers de sucesso conhecem bem a sua concorrência. Seguem outros influencers e criadores de conteúdo nas redes sociais e estão a par das notícias e atualizações acerca do seu nicho.

Antes de distribuirem conteúdos, estudam as plataformas para saberem o que está em alta e o que melhor funciona para envolver os utilizadores.

Seguir outros influencers não significa que os imitem. Em vez disso, assistem, apoiam e aprendem. Ao produzirem os seus próprios conteúdos, adicionam o seu toque e experiência única.

 Criador de Conteúdos

Manter-se atualizado nos dias de hoje significa ser capaz de mudar o seu foco rapidamente e a qualquer momento. Significa ler o conteúdo de outras pessoas e aprender quais os tópicos que as pessoas mais procuram.

À medida que vai aprendendo e crescendo, os seus conteúdos e os seus produtos digitais (se os tiver) vão também melhorar.

As pessoas vão procurá-los porque confiam em si para se manterem atualizados sobre as últimas notícias ou técnicas.

Conhecimento profundo da sua audiência

Um erro que é por vezes cometido pelos influencers é esquecerem-se de pensar primeiramente nos seus seguidores.

Precisa de conhecer muito bem as pessoas que o seguem e cuidar deles. Ver as coisas através da perspectiva deles.

Isso significa perceber o que eles sabem, que dúvidas têm, o que os mantém acordados à noite, o que pesquisam e como consomem a informação.

Apenas reciclar o conteúdo de outras pessoas não será o suficiente para se destacar. Crie o seu próprio conteúdo e a sua marca – distinta e original. Coloque a sua própria perspectiva sobre os temas e entregue soluções inovadoras.

Quanto melhor conhecer os seus seguidores, melhor poderá servi-los.

Criar conteúdo de forma consistente

Quanto mais conteúdo criar, mais aprimorado ele será. Além disso, ajuda a ser mais consistente na criação de conteúdos.

Nas redes sociais, os algoritmos beneficiam quem publica frequentemente conteúdos de qualidade e que despertem o envolvimento dos seguidores.

Isso acontece porque estas empresas querem manter as pessoas o máximo de tempo possível nas plataformas, percorrendo o feed continuamente.

O mesmo acontece com o seu site ou blog. Publicar um novo artigo pelo menos uma vez por semana vai certamente trazer-lhe melhores resultados do que publicar apenas “quando tiver tempo”. Os motores de busca premeiam criadores que aparecem sistematicamente.

Como fazer isso? Estabeleca uma agenda para publicar os seus conteúdos – e mantenha-se firme em cumpri-la.

Experimente também criar um ou dois produtos digitais, como um PDF ou guia. Mais tarde pode expandir o seu portefólio de produtos com cursos, subscrições, newsletters e outros.

Foco no cliente

Para ser bem sucedido como influencer em Portugal e não só, precisa de manter o foco. Precisa de cuidar dos seus seguidores e reservar tempo para construir uma relação com eles.

Uma das melhores formas de fazer isso é construir uma lista de emails e entregar o seu conteúdo diretamente para as suas caixas de correio eletrónica. Para gerir a sua newsletter, sugiro o Mailchimp que lhe permite ter uma conta gratuita até 2000 subsritores.

Ter uma newsletter é sempre uma boa ideia. Nunca se sabe o que pode acontecer com as suas plataformas, principalmente nas redes sociais. Incentive os seus seguidores a subscreverem a sua newsletter o mais cedo que puder. Se algo acontecer com alguma das suas plataformas, terá uma forma de continuar a comunicar com eles.

Além disso, e à medida que o seu negócio cresce, sentirá a necessidade de ter uma ferramenta de apoio à gestão de tarefas, compromissos e de relação com seguidores e parceiros.

Um simples calendário poderá ser o suficiente. Outras pessoas irão precisar de algo mais robusto como a aplicação Asana ou o Trello, para algo mais simples e visual.

Criatividade

Ser um influencer é uma combinação de arte e ciência. Precisa de criar conteúdos, soluções e mensagens originais. A sua marca precisa de sobressair de tudo o resto da indústria. Para isso, precisa de criatividade e ousadia.

Não se preocupe com a perfeição. Foque-se na sua audiência.

Mas existe uma ciência para perceber como os seus seguidores respondem a uma mensagem em particular. Isto significa que vai precisar de testar diferentes ideias.

Por exemplo, use ferramentas de pesquisa de palavras-chave como a Ubersuggest para identificar os tópicos que as pessoas procuram e o Google Trends para conhecer as tendências de pesquisa.

A partir daqui, pense como pode alavancar essas tendências e tópicos no seu próprio conteúdo. O que pode trazer à discussão que mais ninguém o fez ainda?

Comunicação

Para converter seguidores em fãs e finalmente em clientes, precisa de comunicar claramente e de forma persuasiva, seja pela escrita, vídeo ou voz.

O objetivo é construir relações que eventualmente conduzam a vendas, assim que tiver produtos e ofertas para promover ou vender.

A melhor forma de converter seguidores em clientes é através do chamado “storytelling”, ou seja, deverá criar histórias que possam captar a atenção e envolver os seus seguidores.

Mostre como as suas vidas podem ser melhores com o produto ou solução que está a oferecer.

Lembre-se de manter o foco nos seguidores e não em si. Como pode ajudá-los a alcançar os resultados que eles procuram. Então, crie conteúdo com partilha de soluções simples para pequenas vitórias.

Flexibilidade

À medida que cria conteúdos com influencer e interage com o seu público, vai aprendendo mais sobre eles e sobre o que eles querem. A chave é estar atento às estatísticas e diferentes métricas!

Se a sua audiência interaje, sabe que está no camiho certo. Ao contrário, se verifica pouca interação, é sinal de que precisa de ajustar a estratégia de conteúdos.

É necessária alguma flexibilidade para ajustar o curso das coisas à medida que vai construíndo o seu negócio. Mas isso vai assegurar que cria conteúdo que vai ao encontro do que a sua audiência quer.

Quanto tempo é preciso para ser Criador de Conteúdo

Se já cria vídeos, podcasts, grafismos, fotos ou artigos então já é um criador de conteúdo!

Ser criador de conteúdo é mesmo isso. Apenas pegue no telemóvel e comece a gravar um vídeo. Crie um blog e comece a partilhar conhecimento. Comece o seu próprio podcast.

Para ser um influencer e criar conteúdos, apenas precisa de partilhar pensamentos, ideias, experiências e soluções de forma sistemática. O desafio é ganhar dinheiro com os seus conteúdos.

Pode ser uma boa ideia deixar os seus seguidores saberem que tem algo mais avançado para oferecer, através do pagamento de um determinado valor. É uma forma de estes poderem olharem além do conteúdo gratuito.

Então, comece com partilha de conteúdos gratuitos e construa uma audiência.

À medida que o interesse e o envolvimento das pessoas vai crescendo, vai ter oportunidade de identificar os problemas que enfrentam e direcioná-los para o seu site, curso, lista de emails, formulário de registo, como forma de solucionar esses problemas.

Criar um produto para resolver o problema da sua audiência é quando começa a delinear uma estratégia de monetização. Pode ser um curso, um programa de coching, um ebook – qualquer produto digital que possa cobrar um valor.

Como ganhar dinheiro como Criador de Conteúdo

Não existe limite de ganhos para um influencer ou criador de conteúdo. No entanto, os rendimentos podem variar largamente de pessoa para pessoa.

O influencer não deve apenas procurar parcerias com marcas com vista a obter patrocínios pontuais. Deve igualmente procurar fontes alternativas de rendimento, que não dependam exclusivamente de si.

Desta forma terá um rendimento mais estável que lhe permitirá organizar melhor o seu tempo e o seu negócio.

Existem muitas formas de monetizar o seu conteúdo. Deixo aqui algumas opções.

1. Criar os seus próprios produtos

Se tem conhecimento ou experiência que possa ser útil para outras pessoas, crie e venda os seus próprios produtos digitais. Ebooks, templates e cursos são apenas alguns exemplos.

Quando vende os seus próprios produtos, fica com todo o lucro. Então, o seu potencial de ganhos é determinado pelo preço que fixa e quantos consegue vender.

2. Marketing de Afiliados

Marketing de afiliados é promover produtos de outras pessoas e ganhar uma comissão por cada venda obtida.

Com esta abordagem, cria conteúdo e possivelmente uma landing page para gerar interesse num determinado produto e de seguida direciona as pessoas para o site da marca para que possam concretizar a venda.

É particularmente interessante para novos criadores de conteúdo. Enquanto procura desenvolver os seus próprios produtos, pode gerar rendimento extra promovendo produtos em que confia.

Os influencers e criadores de conteúdos possuêm normalmente uma aptidão natural para este tipo promoção. Afiliados e influencers estão de certa forma relacionados.

Se procura produtos para promover na área da beleza e bem-estar e com comissões acima da média, considere ser Parceiro Oriflame. São centenas de produtos que pode promover ou se preferir, foque-se num único nicho.

3. Anúncios e patrocínios

Se tem muito tráfego no seu site ou uma vasta audiência nas redes sociais, pode rentabilizar com anúncios e patrocínios.

Com esta abordagem, as pessoas pagam-lhe para promover produtos para a sua audiência, seja por menções a produtos ou spots de anúncios.

Crie os seus conteúdos habituais, mas destacando o produto ou marca que está a promover. Isso mantém os seus seguidores felizes enquanto o ajuda a engordar a sua conta bancária.

4. Memberships ou programas de Coaching

As pessoas pagam alegremente para sentir que estão entre amigos.

Uma vez criada uma audiência, pode rentabilizá-la criando um programa de coaching ou uma subscrição mensal, onde pode proporcionar apoio personalizado e contínuo para quem aderir.

Criação de Conteúdos Oriflame

Conclusão

Como em qualquer negócio, existem vantagens e desvantagens em ser Criador de Conteúdo. No entanto, acredito que as vantagens superam largamente os desafios que eventualmente possam surgir.

O segredo é focar-se, não apenas na criação de conteúdo, mas também na sua partilha com o mundo. E para isso não faltam plataformas e meios que pode usar.

Ser Parceiro Oriflame é, de certa forma, também ser um criador de conteúdo. É através do conteúdo que atraímos pessoas para o nosso negócio, sejam clientes ou membros de equipa.

A Oriflame é em si também uma excelente plataforma para o ajudar a crescer como Criador de Conteúdo ou mesmo como um Influencer.

Ao promover os produtos, verá o seu trabalho ser recompensado financeiramente e tem ao seu dispor todas as ferramentas que necessita.

Compre todos os produtos com desconto e sem obrigações

Ganhe dinheiro a promover produtos de beleza e bem-estar

Imagem por omissão
Lúcia Carvalho

Consultora independente da marca Oriflame desde 2008. Apaixonada pelo mundo da beleza e do empreendedorismo.

Artigos: 573

Gostou deste artigo? Subscreva a Newsletter!

Indique o seu email abaixo e seja o primeiro a receber as novidades.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado.