Social Selling como Modelo de Negócio Oriflame

Social Selling é uma forma de construir o seu negócio, construindo relações com pessoas que partilham dos seus interesses.

A Oriflame é uma empresa que comercializa produtos de beleza e bem-estar através de Parceiros de Marca que, de uma forma independente, promovem e apoiam os clientes, através de um modelo de ‘social selling’ ou vendas sociais.

Neste último ano ouvimos falar imenso do digital. Todos tivemos oportunidade de ver como a tecnologia ajudou as pessoas a manterem-se conectadas durante as medidas de quarentena, estabelecidas em diversos países.

O mundo mudou imenso na última década e o digital é encarado hoje em dia como algo normal e faz parte do nosso dia a dia, tanto a nível pessoal, como na edução ou no trabalho e negócios.

A Oriflame já não é apenas uma empresa de venda direta, mas sim uma empresa com um modelo de negócio baseado no social selling.

A Oriflame também se adaptou. Como Parceiros de Marca, não fazemos apenas venda direta.

Também construímos uma vasta rede de seguidores, conexões pessoais, amigos, família e desconhecidos na internet. Todos unidos pela paixão pela beleza e bem-estar.

Portanto, a Oriflame já não é apenas uma empresa de venda direta, mas sim uma empresa com um modelo de negócio baseado no social selling.

Ser verdadeiramente ativo e social nas diferentes plataformas digitais é a melhor forma para os Parceiros de Marca acrescentarem valor para os seus clientes no futuro.

Claro que estas mudanças levarão o seu tempo a concretizarem-se. Continuarão a haver as tradicionais reuniões e o catálogo em papel é ainda uma ferramenta muito importante nesta atividade.

Breve história do modelo de negócio Oriflame

Quando a Oriflame começou este negócio, nos anos 60, muitas mulheres ainda se encontravam em casa. As festas ou reuniões em casa eram a principal forma de vender, pois era lá que elas estavam.

À medida que mais e mais mulheres entravam no mercado de trabalho, a Oriflame mudou o modelo de vendas de ‘um para um’ para um modelo de venda por catálogos.

O catálogo era excelente porque era possível deixá-lo na casa do vizinho, ou levá-lo para a mesa do café ou para o trabalho.

Na década de 90, quando a Oriflame entrou em mais mercados emergentes, havia uma procura por um novo nível de empreendedorismo.

Para conseguir oferecer uma oportunidade de construir um negócio de grande dimensão, a Oriflame incorporou, nessa altura, o marketing de rede ou ‘network marketing’ no seu modelo.

No início dos anos 2000, a internet revolucionou verdadeiramente a forma como nos comunicamos e a Oriflame adotou a funcionalidade de encomendas online. Era muito melhor do que ter que recorrer ao apoio ao cliente.

Além disso, permitiu à Oriflame fazer comunicações aos Parceiros de Marca, sobre a oportunidade de negócio também via online.

Na última década, a Oriflame deu mais um passo no desenvolvimento junto dos Parceiros de Marca, possibilitando-lhes vender e convidar outras pessoas através de ferramentas online.

Chegou a hora de levar isso ao próximo nível e entrar no que chamamos de social selling ou venda social.

O que significa social selling?

Agora já sabe como este modelo de negócio começou e como cresceu até aos dias de hoje. Mas por vezes também é fácil esquecer do que se trata este negócio na realidade.

Trata-se de recomendar produtos aos consumidores, ajudando-os a fazer a escolha certa para as suas necessidades.

Já era assim que fazíamos desde o início, recomendando produtos a pessoas que conhecíamos.

Podia ser o nosso vizinho, podiam ser pessoas no trabalho, ou podíamos de facto andar pelas ruas da cidade onde morávamos e bater às portas das pessoas, perguntando-lhes: posso falar consigo sobre os produtos fantásticos que tenho para si?

Isso era fantástico, porque podíamos mostrar-lhes o produto, eles podiam tocar-lhes e sentir os aromas e texturas. Eram excelentes oportunidades.

Mas também havia algumas limitações, no sentido em que, claro, apenas conhecemos um determinado número de pessoas e as nossas ruas só têm um determinado número de casas e também temos apenas um determinado número de colegas de trabalho.

Havia assim limitações e mesmo que conhecesse todas as pessoas da minha rua, os meus vizinhos e colegas, estes poderiam não estar necessariamente interessados nos meus produtos.

Trata-se de recomendar produtos aos consumidores, ajudando-os a fazer a escolha certa para as suas necessidades.

Nessa perspetiva, havia uma barreira e claro, muitos dos meus amigos, colegas e vizinhos rejeitavam os meus produtos fantásticos, e era difícil lidar com isso.

Eu realmente queria que todos tivessem os meus produtos, mas não era assim que funcionava, pelo que tive de perder muito tempo a conhecer muitas pessoas. Por outro lado, o tempo é limitado o que não permite chegar a um número exponencial de pessoas.

Uma nova forma de conduzir o seu negócio

Agora emergiu um novo mundo!

Com telemóveis, computadores, internet, a possibilidade de conhecer mais pessoas do que alguma vez conhecemos é incrível.

Não estamos mais limitados ao número de amigos, vizinhos ou colegas que tempos. Não existe qualquer limite.

Para além disso, no Instagram, Facebook, Youtube, Tik Tok e tantas outras plataformas digitais, seguimos pessoas com os mesmos interesses que nós, pessoas que, desde o início, gostam das mesmas coisas que nós.

Selfie

Mas também é importante entender que neste novo mundo existem novas exigências.

E uma das maiores exigências é que temos de ser totalmente transparentes, honestos e de extrema confiança. As pessoas não nos conhecem assim tão bem e esse ponto ganha assim maior relevo.

Portanto, a confiança tornou-se o ativo mais valioso que temos enquanto alguém que recomenda um negócio e serviços.

Este é o futuro e é disso que se trata o social selling.

Não é apenas uma palavra da moda. É sim uma forma de construir o seu negócio, que lhe permite ser você mesmo, ter um alcance ilimitado e construir relações com pessoas que partilham dos seus interesses.

A venda social rapidamente se tornou numa das formas preferidas de os consumidores fazerem compras mas não só. É também uma parta para as pessoas terem a possibilidade de criarem seu próprio futuro financeiro!

O Social Selling dá às pessoas uma real oportunidade de obter um rendimento dentro de uma estrutura mais flexível do que num emprego tradicional, permitindo conciliar como o estilo de vida atual.

vender ORIFLAME

Ganhe dinheiro com uma atividade aliciante

Transforme a sua paixão pela beleza e bem-estar num negócio estável, lucrativo e sem investimento.

Saiba mais

Default image
Lúcia Carvalho
Consultora independente da marca Oriflame desde 2008. Apaixonada pelo mundo da beleza e do empreendedorismo.
Artigos: 470

Gostou deste artigo? Subscreva a Newsletter!

Indique o seu primeiro nome e email abaixo e seja o primeiro a receber as novidades.

Deixe uma Resposta